Disneyland Paris & Walt Disney Studios Park em 1 dia

IMG_0001.jpg
Estivemos em Paris durante 3 dias e foi realmente muito pouco para ver todos os pontos turísticos mais famosos da cidade luz e ainda por cima visitar a Disneyland (que merece pelo menos um dia inteirinho da sua viagem). Como nós já tínhamos planos para as duas semanas que minha irmã ficaria aqui, nós acabamos dando prioridade para alguns lugares e combinando que em algum outro momento voltaríamos, ou que ela voltaria por conta para explorar o que não deu tempo.

Essa foi minha segunda vez em Paris. A primeira vez foi lá em 2011 quando eu tinha 19 anos, e eu segui praticamente o mesmo roteiro daquela época, o que facilitou um pouco as coisas já que eu já sabia como funcionava o sistema de metrô da cidade e todos os macetes para evitar uma dor de cabeça durante a viagem.

No nosso segundo dia combinamos de ir para o complexo da Disneyland Paris. Eu não sou a maior fã de Disney, aliás, poderia dizer que não sou fã e ponto, e o pior é que já estive lá duas vezes, por insistência alheia, porém acabo curtindo da minha maneira (longe dos brinquedos radicais).

Eu: guia turística, master em metrô, evitar golpes, intérprete e fotografa da viagem! lol
Algum fã de Toy Story por aí? :)
Que tal gerar energia para Monstrópolis?
Como estávamos indo em pleno verão europeu, eu resolvi não arriscar (pegar filas enormes) e comprar o ticket para os dois parques online no website oficial da Disney Paris. Na tela como a abaixo, você escolhe para quantos dias e quais as datas que pretende visitar os parques. Lembrando sempre que os valores variam ao longo do mês, conforme explico abaixo.

Os dias marcados em azul bem claro são correspondentes ao ticket MINI, ou seja, com valores mais em conta. Os ingressos em azul um pouco mais escuro são os ingressos MAGIC, são geralmente os valores durante todo o mês de Agosto, e foram os que comprei para mim e para minha irmã. Os ingressos SUPER MAGIC – em azul escuro – são os mais caros e correspondem principalmente a finais de semana, época de férias e feriados onde as famílias viajam com mais frequência dentro da Europa.

Os valores para o parque da Disney Paris (somente um dos parques) ficam assim:

MINI
à partir de 48 €  

MAGIC
à partir de 63 

SUPER MAGIC
à partir de 72 

Quando você marca a ou as datas que pretende ir à Disney, a tela abaixo se abre e você pode selecionar o ingresso com a opção de um ou dois parques (Disneyland + Walt Disney Studios). Nessa tela vão aparecer possíveis promoções também, como no caso abaixo.

Selecionei por exemplo a tarifa MAGIC para um dia, dois parques. Este foi exatamente o valor que pagamos durante o mês de Agosto. Após esta tela você só precisa inserir os dados que deverão aparecer em cada um dos ingressos, afinal eles vem personalizados com o nome.
Logo após o pagamento você receberá os ingressos por email e poderá escolher entre utilizar os ingressos impressos ou então fazer a troca de um ingresso menor já no parque. Nós acabamos utilizando os impressos o tempo inteiro e não tivemos problemas.

Para chegar na Disneyland (caso você não esteja hospedado em um dos resorts) você irá precisar sair do centro da cidade.
O complexo de parques fica a cerca de 1 hora do centro, pode ser mais ou menos, vai depender de onde você estará hospedado em Paris. No nosso caso, metrô + trem deu em torno de 1h15m até lá.
Da estação Châtelet – Les Halles pegamos o RER na direção Gare de Marne la Vallée – Chessy, que é o trem direto para a Disneyland Paris.
O caminho até o RER é bem identificado por placas e o trem em direção aos parques está identificado com um rostinho do Mickey, é praticamente impossível ir na direção errada.


O ticket do trem de ida e volta custou cerca de 16 euros por pessoa, infelizmente não fiz foto da maquina, mas foi muito simples de efetuar a compra.

img_0708.jpg

Chegando na Disney, atenção para a legenda…é impossível errar!

Da estação de trem até os parques são no máximo 10 minutos caminhando. Se você ainda vai comprar o ingresso na entrada, recomendo chegar cedo para evitar filas muito longas. Aliás, recomendo chegar cedo de qualquer forma se sua intenção for aproveitar o máximo possível em um dia.
Os portões abrem as 9:30 da manhã (para quem está nos resorts o acesso é mais cedo, por isso você vê aquelas fotos “vazias” em alguns instagrans). Nós chegamos pouquinho antes do parque abrir e a fila ainda não estava enorme, esperamos no máximo uns 10 minutos até entrar.

Outra dica prática é aproveitar os brinquedos com Fast Pass, que é um ingresso com hora marcada para você voltar ao brinquedo sem ter que esperar em uma fila gigaaaante.
Nos brinquedos mais famosos o Fast Pass é uma mão na roda! Nós pegamos para a montanha russa do Aerosmith e para a Big Thunder, nos outros brinquedos o fluxo estava ok e valia a pena esperar na maioria das vezes (nesse dia em média 10 ou 15 minutos de fila).
Para pegar o Fast Pass você precisa encontrar as máquinas que geralmente estão em frente ou ao lado dos brinquedos, você coloca seu ingresso no pequeno scaner e a máquina irá imprimir o ingresso com o horário para você voltar. O Fast Pass naturalmente é gratuito, mas atenção, você só pode pegar um por vez! As máquinas só irão liberar o próximo Fast Pass quando o horário do seu último já tiver expirado.

Outra dica legal para não ter que esperar muito em um brinquedo, são as filas para quem está indo em um brinquedo sozinho! sim, existe uma fila especialmente pra isso. Essa fila geralmente anda rápido, no caso, você ocupa um lugar vazio do lado de pessoas que não conhece, apenas para preencher os espaços livres nos brinquedos. Nós mesmas às vezes entravamos nessa fila e era sucesso! apesar de ir separadas, a gente acabava se divertindo da mesma forma.

Sobre alimentação dentro dos parques, só posso dizer que você precisa se preparar para abrir a mão!
Uma pipoca com refrigerante sai por cerca de 8 euros. Uma refeição tipo lanche (cachorro quente, batata frita e bebida) sai entre 30 e 40 euros para duas pessoas. Nós acabamos não visitando um restaurante temático lá dentro, não era nossa prioridade, então partimos para uma lanchonete quando a fome bateu.
Dentro do parque é permitido a entrada de snacks, então se você estiver disposto a levar seu próprio lanche e sua água, está tudo certo!

Saímos do parque próximo das 23:00, acabamos não assistindo o show de fogos que começaria as 23:30, simplesmente não tínhamos mais energia e o caminho de volta duraria mais de uma hora. Aproveitamos o que deu e com certeza dessa vez eu consegui curtir muito mais do que a primeira vez que estive lá! 🙂

Meus primeiros sinais de esgotamento, e cabelo que pegou chuva o dia inteiro!
No labirinto da Alice :-)

E você, já esteve na Disney Paris? como foi sua experiência e quais foram as suas atrações preferidas?

abraços,

Alana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s